Tales of a Productive Trip/Contos de uma Viagem Produtiva

We have just returned from a busy but very productive trip to Brazil. Along with taking care of various personal matters, I had some great meetings that could lead to new opportunities for the ministry.

As we mentioned on the previous post, the radio station that aired our programs in Brazil had to close and since then, the pastor of the church that owned it told me about a member of his church that has a local station in the city of Betim. He felt we needed to look into the possibility of this station airing our programs. So, while we were in Brazil, I had the opportunity to visit the station and speak with the director. They were in the middle of a live broadcast when I arrived, so it gave me a chance to see their studio and their operation. The station mainly airs programs geared to benefit the community, but it reserves about twenty percent of its airtime for religious programing. During my meeting with the director, he asked if I wanted to record a program for them, but when I told him that I hadn’t gone prepared for that, he suggested we record an interview instead. I agreed and we discussed how I had gone from being a pastor to producing radio programs; and what my vision was for the programs and their influence. I thoroughly enjoyed not only the interview, but my time with the station director/owner. Apparently, the feeling was mutual because he expressed his desire to have my programs as part of their lineup, but that the decision was not his alone to make. He then asked me to send him some programs to present to the board for review and a final decision. Before leaving the city of Betim, I copied twenty-four messages, that I had taken on a memory stick, so they could be delivered to the director. If everything goes well and the board approves, my programs will be aired twice daily.

The other significant meeting I had was at the Trans World Radio office in São Paulo. This office was for many years like a second home for me because not only did I work there when we lived in São Paulo; but would stay there when I had to travel from Belo Horizonte to record my programs years ago. So, when one of the directors asked me to speak at their staff meeting, I gladly accepted. I spoke to an audience of thirty-five employees, three of which were still there from my time, and later took the opportunity to record a few programs. Since I didn’t have enough time to record all my programs for November before leaving on this trip, I took the scripts for the remaining three with me; with the hopes of recording them at the studio there. Later, the director of programing told me about a segment that the station calls “Words from the Pastor” which features recordings with teachings and thoughts from different pastors. He then asked me for permission to take the three messages that I recorded that day; play them for the board; and submit a proposal that my programs be included in that segment. I was surprised and humbled by his suggestion; and told him to proceed with his plans, and that we would be opened to whatever decision they reached.

The way the Lord orchestrated all of this was not just an encouragement to us, but a reminder of the magnitude of His plans. We were saddened by the closure of the station in Brazil and uncertain of the programs’ future in that nation; and now the Lord has presented us with these two possible opportunities. God is faithful.    Isac

Update: We have since heard from the director at the radio station in Betim that the programs have been approved. Praise God! 

________________________________________________________________________________________________________

Acabamos de voltar de uma viagem atarefada mas muito produtiva ao Brasil. Além de tratar de vários assuntos pessoais, eu tive algumas reuniões muito boas que podem resultar em novas oportunidades para o ministério.

Como mencionamos no post anterior, a estação que irradiava os nossos programas no Brasil teve que fechar, e o pastor da igreja que era dona dela mencionou um membro da igreja que tem uma estação local na cidade de Betim. Ele sentiu que deveriámos ver a possibilidade desta estação irradiar os nossos programas. Quando estivemos no Brasil, tive a oportunidade de visitar a estação e falar com o diretor. Eles estavam no meio de uma transmissão ao vivo quando cheguei, e daí eu tive a opportunidade de ver o estúdio e sua operação. A maior parte dos programas que a estação irradia é para beneficiar a comunidade, mas eles reservam cerca de vinte por cento do tempo de antena para programação religiosa. Durante a minha reunião com o diretor, ele me perguntou se queria gravar um programa, mas quando eu disse que não tinha ido preparado para isso ele sugeriu gravar uma entrevista. Concordei e falei como eu fui de pastor para produtor de programas de rádio; e a minha visão para os programas e sua influência. Eu gostei muito não só da entrevista, mas do meu tempo com o diretor/proprietário. Aparentemente, o sentimento foi mútuo porque ele expressou o desejo de ter as minhas mensagens como parte da programação deles, mas que a decisão não seria somente dele. Então, ele me pediu para enviar-lhe alguns programas para apresentar ao conselho para revisão e decisão final. Antes de deixar a cidade de Betim, copiei vinte e quatro mensagens que eu tinha levado em um cartão de memória, para serem entregues ao diretor. Se tudo der certo e o conselho aprovar, os meus programas serão irradiados duas vezes por dia.

A outra reunião significativa que tive foi no escritório da Rádio Trans Mundial em São Paulo. Este escritório foi por muitos anos como uma segunda casa para mim, porque eu não só trabalhei lá quando morávamos em São Paulo; mas ficava lá quando eu tinha que viajar de Belo Horizonte para gravar os meus programas anos atrás. Então, quando um dos diretores me pediu para falar na reunião do staff, eu aceitei com muita alegria. Falei para uma audiência de trinta e cinco funcionários, três do meu tempo que ainda estavam lá, e depois aproveitei a oportunidade para gravar alguns programas. Por eu não ter tido tempo suficiente para gravar todos os meus programas para Novembro antes de viajar, levei os scripts dos três restantes comigo, com a esperança de gravá-los no estúdio lá. Mais tarde, o diretor de programação me falou de um segmento que a estação chama de “Palavras do Pastor”, que apresenta gravações com mensagens e pensamentos de pastores diferentes. Ele me pediu permissão para levar as três mensagens que gravei naquele dia; toca-las para o conselho; e apresentar uma proposta que meus programas sejam incluídos nesse segmento. Fiquei surpreso e tocado pela sugestão e disse-lhe para prosseguir com seus planos, e que estariamos abertos a qualquer decisão que eles tomarem.

A forma como o Senhor orquestrou tudo isso não foi apenas um encorajamento para nós, mas um lembrete da magnitude dos planos Dele. Ficamos tristes com o fechamento da estação no Brasil e incertos do futuro dos programas naquele país; e agora o Senhor nos presenteou com estas duas oportunidades possíveis. Deus é fiel.     Isac

Atualização: Ouvimos do diretor da estação de rádio em Betim que os programas foram aprovados. Louvado seja Deus!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.