Behind the scenes/Atrás dos bastidores

Today I, Helena, would like to share with you a little bit about my work of producing the messages for Angola. Since my return from Brazil, I have written eight messages and now have a total of twelve messages written and recorded.

So far this has been a gratifying experience for me, although the work is extremely demanding. I spend about four hours researching and reading about the topic for the message, three to four hours typing the ideas in the computer, and about two hours reading the text to familiarize myself so I can record it. I often wonder how Isac manages to write and record so many programs in such a short period of time. He is a professional after all and I’m not; so it does take me longer. Everything is still so new to me and requires some getting used to.

My process of writing a message is fascinating. A majority of the themes and topics for the messages come to me during my time alone with God early in the morning. It’s during my time of Bible study and meditation that the ideas and the messages start to gain content and take shape. Often my thoughts about that day’s devotional ceases and new ideas and verses come to mind. At this point, I realize that these ideas are for a message for Angola. I write everything down on a notepad I keep on my nightstand, and later I transfer everything to the computer. After typing the message, (written specifically for the women in Angola), with Angolan expressions and examples, I ask Isac to edit and analyze the context. After that comes recording, and sending the messages to Angola.

Last week I was presented with a proposal to produce a weekly program for women in another country. The idea although wonderful, requires a lot of prayer and time on my part. I need to master what I’m doing before accepting the responsibility of producing another program. It will be interesting to see how the Lord will continue to guide and direct my efforts.

???????????????????????????????     DSC04312 (2)

Hoje eu, Helena, gostaria de compartilhar um pouco com vocês sobre  o meu trabalho de produzir as mensagens para Angola.  Desde que voltei do Brasil já escrevi oito mensagens e no total, tenho doze mensagens escritas e gravadas.

A experiência tem sido boa e gratificante mas o trabalho é árduo.  Eu gasto cerca de quatro horas para pesquisar e ler sobre o asunto da mensagen, tres ou quatro horas para colocar as ideias no computador, mais cerca de duas  horas de leitura para me familiarizar com o texto.  Muitas vezes me pergunto como Isac consegue escrever e gravar tantos programas e mensagens em pouco tempo. Afinal de contas, ele é profissional e eu não; por isso demoro mais tempo.  Por outro lado, tudo é novo para mim e por isso requer  mais tempo e adaptaçao.

O meu processo de escrever uma mensagem é fascinante!  A maior parte dos temas e títulos me vêm à mente durante o meu tempo a sós com Deus de manhã cedo.  Mas é no momento da leitura bíblica e meditação que as idéias  e a mensagem começam a ganhar forma e conteúdo.  Muitas vezes  os meus pensamentos  sobre o devocional do dia param e novas idéias e textos me vêm à mente.  Nesta altura eu sei que  são idéias para uma mensagem para Angola.   Eu anoto tudo no bloco de anotações que tenho sempre na minha mesinha de cabeceira e depois passo tudo para o computador.  Depois de escrever a mensagem, (escrita especialmente para a mulher angolana), com expressões e exemplos angolanos, peço ao Isac para editar e analisar o contexto.  Depois disso , a gravação e o envio das mensagens para Angola.

Na semana passada  fui sondada para produzir um programa  seminal para as mulheres  de um outro país.  A  idéia embora maravilhosa, requer oração e tempo de minha parte.  Preciso dominar bem o que estou fazendo antes de aceitar a  responsabilidade de produzir um programa. Vai ser interessante ver como o Senhor vai continuar guiando os meus esforços.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.